segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

PORTUCEL EM MOÇAMBIQUE PROSSEGUE COM PROJECTO DE REFLORESTAMAMENTO

Portucel prossegue projecto de florestamento na região centro de Moçambique impacto sócioeconómico relevante nas regiões onde o projecto é implementado - salientou. O CCP tem o papel de monitorar e aconselhar a empresa sobre o impacto da sua actuação nas esferas sociais, culturais, ambientais e dos direitos humanos das comunidades nas á- reas abrangidas pelo projecto florestal. A criação do CCP está inserida no contexto do Plano de Desenvolvimento Sustentável da Portucel Moçambique (PDSP), por se perceber que o sucesso do mesmo exige envolvimento e o direito à participação das partes envolvidas na monitoria e avaliação do referido plano.■ (Redacção/ África21) Maputo (O Autarca) – A empresa Portucel Moçambique, subsidiá- ria do grupo português de celulose e pasta de papel, plantou até o momento 13,2 mil hectares de clones de eucaliptos, o que se traduz numa ocupação de quatro por cento dos 356 mil hectares estipulados no respectivo Direito de Uso e Aproveitamento de Terra (DUAT) nas províncias centrais de Manica e Zambézia. O trabalho traduz-se num investimento de cerca de 110 milhões de euros (cerca de 135 milhões de dólares norte-americanos), desde 2015 a esta parte. Deste valor, pelo menos cinco milhões de dólares foram investidos na área do desenvolvimento social. Os dados foram revelados, em Maputo, pelo Presidente da Comissão Executiva da empresa, João Lé, durante o lançamento público do Conselho Consultivo da Portucel Moçambique (CCP), um modelo de articulação entre as organizações da sociedade civil, sector privado e o governo. Para Lé, estes dados revelam uma evolução que resulta do contributo das comunidades, governo e sociedade civil. “Sabemos que não somos perfeitos, mas temos feito um esforço para trabalharmos como deve ser e fazermos as coisas como devem ser”, vincou a fonte, em relação à evolução do projeto da empresa nas suas diversas variantes durante o ano e meio de implementação. Ademais, muitos dos resultados alcançados, “além de bem visíveis e imensuráveis”, já começam a ter um"
FONTE: JORNAL O AUTARCA DE MOÇAMBIQUE

RIZUANE MUBARAK PROFESSOR DOUTOR E MAGNIFICO REITOR DO ISCTAC NA CERI MÓNIA DE GRADUAÇÃO INCENTIVOU OS ESTUDANTES A PROMOVEREM A CULTURA DA PAZ, UNIDADE NACIONAL E EMPREENDEDORISMO

Reitor do ISCTAC incentiva estudantes da instituição a promoverem cultura de paz, unidade nacional e empreendedorismo Beira (O Autarca) – O Magnífico Reitor do Instituto Superior de Ciências e Tecnologia Alberto Chipande (ISCTAC), com sede na cidade da Beira, o Professor Doutor Rizuane Mubarak, incentivou os estudantes da instituição a promoverem, no seio de outros moçambicanos, a cultura da Paz, Unidade Nacional e Emprendedorismo. O Professor Doutor Rizuane Mubarak lançou o apelo no seu discurso por ocasião da realização, na última sexta-feira (08), na cidade da Beira, da sétima cerimónia de graduação da instituição, que envolveu duzentos finalistas de cursos de licenciatura e mestrado. A Paz, a Unidade Nacional e o Emprendedorismo são aspectos imporProfessor Doutor Rizuane Mubarak, Magnífico Reitor do ISCTAC Maria Helena Taipo desafiou aos graduados a corresponderem a contribuição do ISCTAC e o próprio esforço individual empreendido durante a formaçã, tendo, igualmente, apelado para privilegiarem o empreendedorismo tendo em reconhecimento a escassez de vagas no mercado de emprego.■ (Chabane Falume) tantíssimos na busca de soluções para o desenvolvimento individual e do país em geral, valores que tendem a tornarse escassos em Moçambique, daí o incentivo do Magnífico Reitor do Instituto Superior de Ciências e Tecnologia Alberto Chipande. Rizuane Mubarak desafiou aos graduados a criarem soluções para os desafios da vida próprios e para a sociedade moçambicana no global, contribuindo de forma exemplar para a construção de uma nação progressista. A sétima cerimónia de gradua- ção do ISCTAC foi honrada pela participação da Governadora de Sofala, Maria Helena Taipo, que enalteceu a contribuição da instituição na forma- ção de quadros competentes que tanto o país necessita."
FONTE: JORNAL O AUTARCA DE MOÇAMBIQUE.

sábado, 9 de dezembro de 2017

NATAL COMUNIDADE PORTUGUESA EM MAPUTO PROMOVE FESTA DE NATAL EM 10 DE DEZEMBRO

Comunidade portuguesa em Maputo promove amanhã Festa de Natal Maputo (O Autarca) – Tem lugar amanhã, sábado (09), na cidade de Maputo, a capital moçambicana, a tradicional Festa de Natal organizada pela Comissão de voluntários da Comunidade Portuguesa. Trata-se de um evento anual que já vai na sua décima edição, devendo este ano a festa acontecer na Fortaleza de Maputo, cumprindo um vasto e rico programa que inclui a gastronomia, música, artes, espaços crian- ça e jovem, cultura, artesanato. O Autarca apurou que a festa de amanhã, que inicia ao meio dia, realiza-se em prol de cinco instituições moçambicanas de apoio social, assim como assinalando a forma solidária e integrada como a Comunidade Portuguesa se posiciona em Moçambique. Refira-se que a República de Moçambique, particularmente as cidades de Maputo (Sul), Beira (Centro) e Nampula (Norte), acolhe uma importante Comunidade Portuguesa ao nível do continente africano e, sobretudo, da região da África Austral (SADC), envolvida em vários domínios de cooperação e desenvolvimento, nomeadamente nas esferas económica, social, cultural, ciência, diplomacia, entre outras áreas de interesse comum.■ (VP)"
FONTE: JORNAL DE MOÇAMBIQUE O AUTARCA

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

INAE INSPECÇÃO DAS ACTIVIDADES ECONÓMICAS DE MOÇAMBIQUE E AICEP, INNOQ, LEM E AT PROMOVEM SEMINÁRIO EM MAPUTO A 11 DE DEZEMBRO 2017

Exmos. Senhores,

No próximo dia 11 de Dezembro, com início às 17h00 realizaremos uma sessão de trabalho sobre o tema “A legislação e aplicação prática das regras de fiscalização da INAE-Inspecção Nacional das Actividades Económicas”.

A Engª. Rita Freitas, Inspectora Nacional, juntar-se-á a nós e trará os seus colegas das entidades: INNOQ-Instituto Nacional de Normalização da Qualidade, IPI-Instituto da Propriedade Industrial, LEM-Laboratório de Engenharia de Moçambique e AT-Autoridade Tributária (programa em anexo).

A sessão de trabalho será composta por uma curta definição de conceitos e apresentação da legislação e sua aplicação, e seguida de um amplo debate. A sessão que terá lugar nas instalações da Câmara de Comércio de Moçambique/Clube dos Empresários, Rua Mateus Sansão Muthemba, 452, será tanto mais útil quanto mais questões forem colocadas pelos senhores empresários aos nossos convidados.

Por favor inscrevam-se através do endereço de e-mail: aicep.maputo@portugalglobal.pt, até 6a feira,  dia 8 de Dezembro.

Com os meus melhores cumprimentos,
Best regards,

Ana Maria Rosas
Delegada

aicep Portugal Global
Conselheira Económica e Comercial
Embaixada de Portugal em Maputo
Av. Julius Nyerere, 720 - 12º - MaputoTel. +258 21 490 523 +258 21 490 402Cel: +258 843611625
Fax: +258 21 490203skype: aicep.maputoheader_logo 
FONTE: AICEP MAPUTO, MOÇAMBIQUE.
Área de anexos

TETE, MOÇAMBIQUE, SEMPRE EM CRESCIMENTO, ESTÓRIAS DA HISTÓRIA DE TETE

FONTE: JORNAL DE MOÇAMBIQUE, MAGAZINE INDEPENDENTE, 5 DE DEZEMBRO 20017, PÁG 6.

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

VALE E MITSUI ASSINAM ACORDO DE FINANCIAMENTO DO CORREDOR LOGISTICO DE NACALA, NAMPULA, MOÇAMBIQUE

Vale e Mitsui assinam acordo de financiamento do Corredor Logístico de Nacala de Nacala completa a estrutura de investimento elaborada para apoiar a operação do corredor logístico até que chegue a sua plena capacidade. A importância do projecto Corredor de Nacala vai muito além da sua relevância para a Mina Carvão de Moatize, tendo igualmente relevância a nivel regional e nacional. A conclusão da transação e o recebimento dos recursos estão sujeitos a condições precedentes usuais para um project finance e devem ocorrer em breve. Os fundos recebidos serão principalmente pagos à Vale para reembolsar parte dos empréstimos feitos pela empresa para a construção do Corredor de Nacala, e também serão usados para apoiar o ramp-up do corredor. O project finance também demonstra a maturidade institucional e o apoio dos Governos tanto de Moçambique quanto do Malawi. As autoridades em todos os níveis dos Governos cooperaram completamente e possibilitaram todos os enquadramentos regulatórios, financeiros e legais que apoiam o Project Finance, do qual a Vale e a Mitsui são profundamente gratas. A Vale deseja que o Project Finance de Nacala se torne um cartão de visita e uma referência para a atracção de outros investimentos de larga escala em ambos os países.■ (R) Maputo (O Autarca) – A Vale e a Mitsui assinaram, quinta-feira última (30), em Maputo, o acordo de financiamento do Corredor Logístico de Nacala (CLN) - contratos financeiros vinculantes na forma de um project finance. Participaram da cerimónia gestores da Vale, da Mitsui, do Governo de Moçambique representado pelos Ministros de Economia e Finanças e dos Transportes e Comunicações, além de representantes dos agentes financiadores responsáveis pela estruturação do financiamento nomeadamente, a Japan Bank for Internacional Cooperation – JBIC; Nippon Export and Investment Insurance – NEXI; Banco Africano de Desenvolvimento – BAD; e a Agência Sul-africana de Crédito à Exportação – ECIC. A aprovação destes documentos deu condições necessárias para que a Vale e a Mitsui viabilizassem um financiamento de terceiros para as operações do Corredor de Nacala, no montante aproximado de 2,7 bilhões de dó- lares norte americanos, dos quais 1,8 bilhões serão destinados a Moçambique e 0,9 bilhões serão destinados a Malawi. Segundo apurou O Autarca, este financiamento será amortizado em 14 anos com os recursos provenientes da tarifa relacionada aos serviços de transporte de carvão e aos serviços de carga geral fornecidos pelo CLN, não havendo nenhum ónus para os governos de Moçambique e do Malawi. O financiamento do Corredor"
FONTE: O AUTARCA JORNAL DE MOÇAMBIQUE

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

CABO VERDE REDUZ ÓBITOS DE CASOS DE MALÁRIA

Cabo Verde, São Tomé e Timor-Leste melhores lusófonos no combate à malária - OMS

Lisboa- Cabo Verde, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste reduziram significativamente em sete anos o número de óbitos e de casos de malária, indica um relatório da Organização Mundial de Saúde (OMS) sobre a situação do paludismo no mundo, divulgado quarta-feira.
Sem Portugal no documento, os restantes oito Estados membros da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) – Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste -, surgem no relatório, com o arquipélago cabo-verdiano a destacar-se pela positiva."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE.

CABO VERDE MELHORA ACESSO DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA A MAIS DE 30 MIL CABO - VERDIANOS

CABO VERDE

Nova rede de abastecimento melhora acesso à agua de mais de 30 mil cabo-verdianos

Praia - Mais de 30 mil cabo-verdianos dos concelhos da Praia e São Domingos vão ver melhorado o acesso à água com a entrada em funcionamento de uma nova rede de abastecimento inaugurada na quarta-feira.
As obras interconexão do sistema de abastecimento de água de Ponta de Água, Monte Vaca, Ribeirão Chiqueiro, Palha Sé e São Domingos, enquadram-se na reforma do setor da água e saneamento e foram financiadas pelo projeto norte-americano Millennium Challenge Account, do Millennium Challenge Corporation (MCC-MCA), que quinta-feira encerra as suas atividades em Cabo Verde."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE.

EM MOÇAMBIQUE HÁ MAIS ALUNOS DO ENSINO PRIMÁRIO COM LEITURA FLUENTE, ESTES TRES ULTIMOS ANOS

"   MOÇAMBIQUE

Há mais alunos do ensino primário com leitura fluente em Moçambique - ONG

Maputo - O número de crianças das zonas rurais com uma leitura fluente nas primeiras classes do ensino primário, em Moçambique, subiu nos últimos três anos, de acordo com um relatório de uma organização-governamental divulgado na quarta-feira.
"Pelos resultados que tivemos, notamos que há uma gradual progressão na fluência de leitura das crianças", disse à Lusa Mohammad Bine, coordenador do estudo, realizado pelo Centro de Aprendizagem e Capacitação da Sociedade Civil."
FONJTE: LUSA MOÇAMBIQUE.

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

DENTISTAS DE MOÇAMBIQUE REUNIDOS EM CONGRESSO NO DONDO , PROVINCIA DE SOFALA

FONTE NÂO OFICIOSA DEU-ME CONTA QUE AMANHÃ TERIA INICIO UM CONGRESSO DE MEDICINA DENTÁRIA NO DONDO, PROVINCIA DE SOFALA, MOÇAMBIQUE.

terça-feira, 28 de novembro de 2017

HCB HIDROELECTRICA DE CAHORA BASSA COLOCA 7,5% DO TOTAL DAS ACÇÕES NA BOLSA DE VALORES DE MOÇAMBIQUE , BVM À DISPOSIÇÃO DE CIDADÃOS E EMPRESAS, ANUNCIA PRESIDENTE DA REPUBLICA FILIPE JACINTO NYUSI, POR OCASIAO DAS COMEMORAÇÕES DOS 10 DA REVERSAO DA HCB

   MOÇAMBIQUE

Estado vai dispersar 7,5% do capital da Hidroelétrica de Cahora Bassa em bolsa - PR

Maputo - O Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, anunciou na segunda-feira que o Estado vai dispersar 7,5% do capital da Hidroelétrica de Cahora Bassa em bolsa.
O chefe de Estado anunciou a "decisão de abrir a estrutura acionista da HCB para os moçambicanos", em Tete, durante as celebrações do 10.º aniversário da reversão da hidroelétrica de Portugal para Moçambique.
Através da Bolsa de Valores de Moçambique (BVM), explicou o chefe de Estado moçambicano, serão colocadas à disposição de cidadãos e empresas 7,5% do total das ações das HCB."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE.

REGISTO PREDIAL ELECTRONICO FOI APROVADO EM MOÇAMBIQUE


Moçambique aprova lei do registo predial eletrónico

Maputo - A Assembleia da República de Moçambique aprovou uma lei para o registo predial passar a ser feito em formato eletrónico, substituindo os livros de inscrição, anunciou fonte parlamentar.
O Sistema Integrado de Registo Predial substitui o Código de Registo predial e foi aprovado pelas três bancadas parlamentares (Frelimo, Renamo e MDM) na última semana e vai obrigar à criação e instalação de ferramentas eletrónicas nas conservatórias e cartórios notariais.
A nova lei vai permitir um regime simplificado de pedido de registo para um leque mais alargado de situações, anunciou o diário estatal Notícias no sábado."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

METRO BUS ARRANCA BREVE EM MAPUTO, MOÇAMBIQUE

"Metro-bus arranca dentro de semanas em Maputo Maputo (O Autarca) – A primeira fase do sistema integrado de transportes da região metropolitana de Maputo, Moçambique, está previsto arrancar até 5 de Dezembro, com a entrada em operação das automotoras. Orçado em mais de um milhão de dólares, o metro-bus é liderado pela empresa moçambicana Fleetrail em parceria com a Caminhos de Ferro de Moçambique. Espera-se, com o projecto integrado de transporte de passageiros, transportar-se 3,6 milhões de pessoas em 2018, reduzir o tráfego rodoviá- rio nas estradas nacionais números 1 e 4, tornar os transportes públicos mais eficientes e seguros, bem como contribuir para a redução dos acidentes rodoviários.■ (Redacção) "
FONTE: JORNAL O AUTARCA DE MOÇAMBIQUE

LUIS MAGAÇO NOVO PRESIDENTE DA ACIS - ASSOCIAÇÃO DE COMÉRCIO E SERVIÇOS , PARABENS!

"Luis Magaço é o novo Presidente da ACIS Maputo (O Autarca) – Os novos Órgãos Sociais da ACIS – Associação de Comércio, Indústria e Servi- ços, eleitos no dia 31 de Outubro, já tomaram posse, em Maputo. Luis Magaço Junior é o novo Presidente do Conselho de Gerência da ACIS, eleito com 16 votos, correspondente a 94,12%, de um total de 17 membros que exerceram o seu direito de voto. Para o escrutínio estavam inscritos 32 membros. Magaço substitui no cargo, o empresário Carlos Henriques. A ACIS tem actualmente 400 membros, desde Pequenas, Médias e Luis Magaço, novo Presidente da ACIS Grandes Empresas espalhadas pelo todo o país, operando nos três sectores, nomeadamente Comércio, Indústria e Serviços, praticamente os mais predominantes no mercado moçambicano.■ (Redacção/ Nwesletter CTA)"
FONTE: JORNAL O AUTARCA DE MOÇAMBIQUE

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

ZIMBABWE. ANTIGO PRESIDENTE DA REPUBLICA DE MOÇAMBIQUE JOAQUIM CHISSANO CLASSIFICA MUDANÇA NO ZIMBABWE COMO MOMENTO HISTÓRICO

Ex-PR Chissano classifica mudança no Zimbabué como momento histórico

Maputo - O ex-Presidente de Moçambique, Joaquim Chissano, classificou quarta-feira a mudança política no Zimbabué como "um momento importante na história de África".
"É um momento importante na história de África, um exemplo de que os povos africanos devem saber confiar nas suas próprias forças e saber resolver os seus problemas", referiu."
Fonte: LUSA MOÇAMBIQUE.

terça-feira, 21 de novembro de 2017

2ª CONFERENCIA NACIONAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS REALIZA-SE NA BEIRA, PROVINCIA DE SOFALA, DE 23 A 25 DE NOVEMBRO 2017, POR UMA ADVOCACIA AO SERVIÇO DO ESTADO DE DIREITO E DO DESENVOLVIMENTO

"Beira será sede esta semana da Segunda Conferência Nacional dos Advogados Beira (O Autarca) – A cidade da Beira, a capital da província de Sofala, acolhe esta semana, entre os dias 24 e 25 de Novembro corrente (sextafeira e sábado próximos), a Segunda Conferência Nacional dos Advogados, evento promovido pela Ordem Dos Advogados de Moçambique (OAM). Segundo apurou O Autarca, o evento a ser presidido pelo Bastonário da OAM, Flávio Menete, será subordinado ao tema "Por uma Advocacia ao Serviço do Estado de Direito e do Desenvolvimento". Pretende-se nesta Segunda Conferência Nacional dos Advogados, dentre vários objectivos, discutir assuntos ligados ao exercício da profissão de advocacia no país, bem como discutir o estágio actual da profissão do advogado no país, seus desafios e perspectivas. “Para além destes pontos, a Conferência Nacional dos Advogados vai igualmente, debater questões ligadas á ética e deontologia profissional do advogado, bem como analisar o exercício da profissão por parte da muFlávio Menete, Bastonário da OAM, procede esta manhã, em Maputo, o lançamento da Segunda Conferência Nacional dos Advogados, a ter lugar esta semana na Beira lher” – refere uma nota da OAM enviada à nossa Redacção."
FONTE: JORNAL O AUTARCA DE MOÇAMBIQUE.

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

EXPEDIÇÃO SUL DE ÁFRICA 360, APRESENTAÇÃO NA SEDE DA ASSOCIAÇÃO PORTUGAL MOÇAMBIQUE, ESPAÇO MOÇAMBIQUE NO PORTO, PORTUGAL, 16 DE DEZEMBRO DE 2017, SÁBADO, 18H00M, SINTA-SE CONVIDADO/A, ABERTURA DA CERIMÓNIA CONSUL GERAL DE MOÇAMBIQUE NO PORTO E ZONA NORTE DE PORTUGAL, DR AFONSO CHAMBE.

"Exmos. Patrocinadores, Editores, Amigos/ Dear Sponsors, Editors and Friends,



É com muito prazer que o convido a estar presente no próximo dia 16 de Dezembro pelas 18:00  no Espaço Moçambique, Porto, Portugal, para a apresentação da Expedição Sul de Àfrica 360°

It is with great pleasure that I invite you to be present on December 16th at 6pm at Espaço Moçambique, Porto, Portugal, for the presentation of the South Africa Expedition 360 °.

Programa/ Program:



Abertura/ Openning: His
Excellency the Consul General
of Mozambique in Porto and Northern Portugal, Dr. Afonso Chambe.

Apresentação/ Presentation: Dr. João Macedo Pinto de Sousa

Apresentação/ Presentationof the NGO SIM - International Solidarity for Mozambique: Dra. Maria Carmo Jardim

Encerramento/ Closing Event: Director of Espaço Moçambique. Dr. João Pedro Sá Russo



This event will be broadcast on Live Stream also social media, TV and Jornals.


Atentamente | Best regards, 

João Sousa 
Telm: +351 966943389 
Never give up | Follow your dreams"

sábado, 18 de novembro de 2017

BAD BANCO AFRICANO DE DESENVOLVIMENTO PRESIDENTE DO BAD ELOGIA TRANSPARENCIA DE MOÇAMBIQUE

MOÇAMBIQUE

Presidente do BAD elogia transparência de Moçambique após crise da dívida

Lisboa - O presidente do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) elogia o desempenho de Moçambique na transparência demonstrada depois da crise da dívida pública e considera que o país pode ser "o Qatar da África" em termos de gás natural.
"Elogio o Governo pela transparência e por saberem que têm de entrar em diálogo com o Fundo Monetário Internacional (FMI) em termos de garantir que as reformas continuam e que conseguem limpar a dívida", disse Akinwumi Adesina, em entrevista à Lusa, em Lisboa, no final de uma visita de trabalho à capital portuguesa, esta semana."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

CHIVEVE CUP, TORNEIO DE GOLFE ENTRE NAÇÕES VENCE EQUIPA DE PORTUGAL, REALIZOU-SE NA BEIRA, SOFALA, MOÇAMBIQUE.

TORNEIO DE GOLFE ENTRE NAÇÕES “CHIVEVE CUP” Portugal retira título a Moçambique José Vitorino (a direita) capitão da selecção de Portugal exibindo a taça do torneio após recebe-la das mãos de Félix Machado, Presidente do Clube de Golfe da Beira Beira (O Autarca) – A selec- ção da comunidade portuguesa residente na cidade da Beira praticante da modalidade de Golfe venceu a última edição do torneio de golfe entre na- ções, denominado “Chiveve Cup”. Com efeito, Portugal retirou, assim, o título de vencedor da prova que era detido pela selecção de Mo- çambique que no ano passado conquistou o torneio. Em 2016 Portugal havia ficado em segundo lugar. O torneio promovido pelo Clube de Golfe da Beira (CGB) teve lugar no último fim-de-semana, tendo sido disputado pelas selecções da Rússia, Portugal, Zimababwe, África do Sul e Moçambique que terminou a prova em segundo lugar. O Capitão da selecção de Portugal, José Vitorino, comentou que a sua equipa decidiu se vingar do título que não conseguiu conquistar no ano passado. Ainda assim, José Vitorino não deixou de reconhecer a potencialidade da selecção moçambicana, tendo sublinhado que “é a mais forte e experiente”. Por seu turno, o capitão da selecção de Moçambique, Alberto Gimo, reconheceu a vitória de Portugal, mas desculpou-se do estado do tereno que estava bastante escorregadio e lamacento devido a chuva que caiu no dia do certame. Félix Machado, Presidente do Clube de Golfe da Beira e um dos melhores golfistas da urbe, integrante da selecção de Moçambique, elogiou a forma competitiva com que foi disputado o evento, tendo felicitado a selec- ção vencedora.■ (Redacção) "
FONTE: JORNAL O AUTARCA DE MOÇAMBIQUE.

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

V CONFERÊNCIA NACIONAL DE EMPREENDEDORISMO REALIZA-SE EM MAPUTO A 17 DE NOVEMBRO 2017, NO CENTRO DE CONFERENCIAS JOAQUIM CHISSANOCOM O APOIO DA ANJE ASSOCIAÇÃO DOS JOVENS EMPRESÁRIOS DE PORTUGAL E O MINISTÉRIO DA JUVENTUDE E DESPORTOS DE MOÇAMBIQUE.

"Exmos. Senhores,
Para os devidos efeitos se comunica que a Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE), em parceria com o Ministério da Juventude e Desportos, irá realizar amanhã, dia 17 de Novembro, em Maputo, no Centro de Conferências Joaquim Chissano, a V Conferência Nacional de Empreendedorismo, um evento composto por sessões de Conferência, Feira do Empreendedor e Gala do Empreendedor, de acordo com o Programa e Horário que se segue.

Atenciosamente,

A. Chrystêllo Tavares
Cônsul-Geral

Rua António Enes, 148/149 2º andar
Beira - Moçambique
tel. 00 258 23 32 60 76 / 23322296 / 23326066
fax 00 258 23 32 46 88


quarta-feira, 15 de novembro de 2017

BAD BANCO AFRICANO DE DESENVOLVIMENTO ABRE "AVENIDA NOVA" AOS PAISES DA CPLPL

  ECONOMIA

Apoio do Banco Africano de Desenvolvimento abre “avenida nova de financiamento” – CPLP

Lisboa – A diretora-geral da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) considerou terça-feira que o apoio do Banco Africano de Desenvolvimento “é fundamental” e que abre uma “avenida nova de financiamento” na CPLP.
Para a diretora-geral da CPLP, Georgina Melo, que falava após um encontro com o presidente daquela instituição, Akinwumi Adesina, o apoio do BAD é fundamental e "abre uma avenida nova de financiamento" para os projetos que estão em preparação."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE

CASSA DEPOSITI E PRESTITI, BANCA ITALIANA APOIA MOÇAMBIQUE 95 MILHOES DE EUROS: DRENAGEM E ENSINO TÉCNICO PROFISSIONAL.

   MOÇAMBIQUE

Banco italiano vai desembolsar 95 ME para projetos de drenagem e ensino em Moçambique

Maputo - A Cassa Depositi e Prestiti, instituição financeira do Estado italiano, vai desembolsar 95 milhões de euros para o projeto de drenagem no município de Maputo e para o ensino técnico profissional do país, anunciou terça-feira o Conselho de Ministros.
Em conferência de imprensa no final da sessão semanal do Conselho de Ministros, o porta-voz do órgão, Armindo Ngunga, disse que o banco vai financiar com 60 milhões de euros o Projeto de Sistema de Drenagem de Águas Pluviais na Cidade de Maputo e com 35 milhões de euros a Reforma do Ensino Técnico Profissional."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE

terça-feira, 14 de novembro de 2017

FMI EM MOÇAMBIQUE DE 30 DE NOVEMBRO A 13 DE DEZEMBRO


"Equipa do FMI chega no final do mês para analisar situação do país

Maputo - Uma equipa do Fundo Monetário Internacional (FMI) vai visitar Moçambique entre 30 de novembro e 13 de dezembro para discutir a situação do país e o seguimento a dar à auditoria às dívidas ocultas, anunciou a instituição.
"A missão proporcionará uma oportunidade para avaliar a situação económica atual e fazer recomendações de políticas económica e financeira, bem como para discutir o seguimento da auditoria às empresas Ematum, Proindicus e MAM", referiu Ari Aisen, representante do FMI em Moçambique, em comunicado."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE.

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

JOÃO LEOPOLDO DA COSTA NOMEADO VICE MINISTRO DA SAÚDE E HELENA MATEUS KIDA NOMEADA VICE MINISTRA DO INTERIOR, EM MOÇAMBIQUE

   MOÇAMBIQUE

Presidente nomeia ex-presidente da CNE vice-ministro da Saúde e magistrada vice do Interior

Maputo - O Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, nomeou quarta-feira João Leopoldo da Costa, ex-presidente da Comissão Nacional de Eleições (CNE), vice-ministro da Saúde, e Helena Mateus Kida, magistrada judicial, vice-ministra do Interior, indicou hoje a Presidência da República.
Em nota de imprensa, a Presidência da República refere que Filipe Nyusi nomeou a nova vice-ministra do Interior e o novo vice-ministro em despachos separados."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE

terça-feira, 7 de novembro de 2017

TERESA RIBEIRO, SECRETÁRIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS E COOPERAÇÃO DE PORTUGAL VISITA MOÇAMBIQUE: PROGRAMA DE COOPERAÇÂO ENTTRE PORTUGAL MOÇAMBIQUE PREVÊ 202,5 M€ ATÈ 2021

   MOÇAMBIQUE

Programa prevê 202,5 M€ para Cooperação entre Portugal e Moçambique até 2021

Maputo - O novo Programa Estratégico de Cooperação entre Portugal e Moçambique está orçado em 202,5 milhões de euros, cerca de metade do qual diz respeito a crédito concecional, foi anunciado segunda-feira em Maputo.
Além dos apoios a setores tradicionais (como educação e saúde), é dada especial atenção "ao investimento e comércio", referiu a secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros e Cooperação Portuguesa, Teresa Ribeiro."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE

domingo, 5 de novembro de 2017

FASTJET NOVA COMPANHIA DE TRANSPORTE AÉREO EM MOÇAMBIQUE INICIA VOOS DOMÉSTICOS MAIS ECONÓMICOS

   MOÇAMBIQUE

Companhia aérea Fastjet inicia atividade em Moçambique e promete preços mais baixos

Maputo - A companhia aérea Fastjet iniciou a atividade em Moçambique com o presidente do conselho de administração a defender preços mais acessíveis para estimular a economia.
"O mercado moçambicano está pronto para ver preços mais baixos", disse Nico Bezuidenhout à Lusa. Aquele responsável falava à margem de uma cerimónia alusiva ao voo inaugural da companhia, que na sexta-feira iniciou as suas operações em Moçambique."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE.

terça-feira, 31 de outubro de 2017

CARVÃO DE MOATIZE, TETE, MOÇAMBIQUE AUMENTO DE PRODUÇÃO MOSTRA QUE CARVÃO É O MOTOR DA ECONOMIA - ECONOMIST

"Aumento da produção em Moatize mostra que carvão é o motor da economia - Economist

Londres - A Economist Intelligence Unit (EIU) considerou segunda-feira que o aumento da produção de carvão na mina de Moatize reforça a convicção de que esta matéria-prima é o principal motor do crescimento económico de Moçambique.
"Os últimos números da produção reforçam a nossa visão, segundo a qual o carvão é o principal motor do crescimento da economia de Moçambique", escrevem os peritos da unidade de análise económica da revista britânica The Economist."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

GALP GANHA PARTICIPAÇÃO DE 20% EM BLOCO DE PETRÓLEO NO BRASIL


Galp ganha participação de 20% em bloco de petróleo no Brasil

São Paulo, Brasil - Um consórcio formado pelas petrolíferas Statoil, ExxonMobil e a Petrogal Brasil, do grupo Galp, arrematou um dos oito blocos oferecidos num leilão de áreas de exploração de petróleo no Brasil que acontece sexta-feira no Rio de Janeiro.
Liderado pela Statoil, com uma participação de 40%, a ExxonMobil, que detém outros 40%, e a Petrogal Brasil, com 20%, o consórcio arrematou uma área no Norte de Carcará ao oferecer 67,12% de óleo excedente retirado na área ao Governo brasileiro, o pagamento de um bónus de cerca de 930 milhões de dólares (cerca de 186 milhões de dólares relativos à Petrogal) e a perfuração de um poço de exploração."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE.

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

"VISÃO" DE MANUEL MUTIMUCUIO, OBRA APRESENTADA HOJE PELA PROFESSORA DOUTORA MARIA DO ROSÁRIO AMARAL , HOJE QUARTA FEIRA 25 DE OUTUBRO PELAS 18H00M, NO CENTRO CULTURAL PORTUGUÊS - POLO DA BEIRA ( CONSULADO DE PORTUGAL BEIRA)

"Exmos. Senhores,

Levo ao conhecimento de V.Excias que vai ter lugar hoje, Quarta-feira, dia 25, pelas 18h00, no Centro Cultural Português-Pólo da Beira, o lançamento do livro de estreia “Visão”, de Manuel Mutimucuio, já apresentado ao público no passado dia 17 de Agosto, no Centro Cultural Português em Maputo.

Esta é a primeira obra de Manuel Mutimucuio e será apresentada pelo Professora Jubilada da Universidade de Braga, Doutora Maria do Rosário Amaral.

Mais informação sobre o autor e respectiva obra pode ser consultada no sítio da internet:

Com os melhores cumprimentos,
António Chrystêllo Tavares 
Cônsul-Geral

Rua António Enes, 148/149 2º andar
Beira - Moçambique
tel. 00 258 23 32 60 76 / 23322296 / 23326066
fax 00 258 23 32 46 88